Loading

Mochilão Botsuana: O Okavagando Delta

Escolha o país ou conteúdo de viagem

Qual seu destino? Descubra tudo que você precisa saber para viajar mais, gastando menos.

Elefante a menos de 5 metros de distância

Mochilão Botsuana: O Okavagando Delta

Muitas pessoas nunca ouviram falar do Botsuana, mas é um local muito comum para viajantes da região sul da África. Geralmente, os mochileiros incluem esse país em roteiros em que se passam pela Namíbia e África do Sul.

                  Mas qual a sua atração? Além de um dos melhores parques nacionais da África: o Chobe, existe também o maior delta interno do mundo, o Okavango Delta!

Mapa Botsuana

Mapa Botsuana

                  O que significa isso? A região do Delta do Okavango é o local onde o Rio Okavango encontra uma placa tectônica no Kalahari, assim toda a água é evaporada e transpira, ou seja, não chega a nenhum mar ou oceano, retornando ao rio. E uma imensa abundância de água representa o que? Uma infinidade de vida!

                  Além do incrível número de animais (cerca de 200.000 visitantes anuais pelo menos) também é o lar de 400 espécies de passáros, dezenas de espécies de peixes, e centenas de espécies de plantas. Além disso, na África, a água é um bem de extrema importância, no Rio Okavango, milhares de famílias usam o mesmo para cozinhar, tomar banho, lavar roupa, pescar, colher plantas, entre outras centenas de utilidades.

Mulher lavando roupa, louças, fazendo almoço no Delta

Mulher lavando roupa, louças, fazendo almoço no Delta

                  E para quem visita a Botsuana, fazer um acampamento ao leito do Delta do Okavango é fundamental. Calma! Eu já explico como fazer, e como foi minha experiência.

Mochilão/Acampamento no Okavango Delta 

                  Existem algumas maneiras de ter uma experiência no Delta. A mais comum é acampando em algumas regiões do local. Há diversas opções de dias e de preços, as mais comuns são: passar um dia (sai de manhã e volta fim da tarde) e duas noites e três dias. Lembrando que existem muito mais opções como quatro noites e cinco dias, ou uma noite e dois dias. Vai da opção do viajante e do tanto que está disposto a gastar.

                  Definido quanto tempo quer passar acampando em meio a vida selvagem, existem duas outras opções a serem escolhidas: Self-Catering (onde você leva todos seus utensílios de acampamento e sua comida) e o Fully Catered (o qual o guia providencia tudo).

Adentrando o Delta no Mokoro

Adentrando o Delta no Mokoro

Preços 

            Não é possível realizar essa atividade sem um guia, pois o Rio Okavango é licenciado e, dessa maneira, mantém a economia entre os locais, que no caso irão ser os guias e ficar os dias acampados com você (além da região ser enorme, cheia de animais selvagens e florestas), então existe um preço e é um pouco salgado.

                  Os valores são cobrados em Pula (moeda da Botsuana) mas irei colocar os aproximados em dólar americano.

                  A Self Catered geralmente custa: 1 dia = 70USD, 2 dias = 90USD, 3 dias = 110USD, 4 dias = 130USD. Valores cobrados por pessoa.

                  O Fully Catered são no mínimo dois dias e os preços são: 2 dias = 230USD, 3 dias = 370USD e 4 dias = 450USD. Valores por pessoa, incluído 4 refeições.

Minha Experiência

                  Eu escolhi o passeio de duas noites e três dias, onde fui com um casal de alemães e levamos nossa própria comida e equipamento (self catered). Acordamos bem cedo no primeiro dia e seguimos até a comunidade ribeirinha de onde saem os barcos (Mokoros) para o Okavango. Todos os passeios são realizados nos Mokoros, algo típico da região, barcos de madeira (não são barcos a motor) onde você vai lentamente remando, subindo o rio (algo típico dessa região da Botsuana) e parando em determinados locais, se enfinado mata a dentro em contato com a natureza, observando animais selvagens no seu ambiente, dentre outras coisas que vou seguir detalhando.

Pescador local no Mokoro

Pescador local no Mokoro

                  Durante nossos passeios de barco, vi cenas fantásticas como um grupo de elefantes que estava tomando banho a cerca de 10 metros de nós. Quando passamos silenciosamente observando o momento, eles nos encararam por algum tempo e continuaram sua diversão, grupos de hipopótamos nadando ao nosso redor (o que é bem perigoso rsrs), crocodilos e predadores bebendo água no leito do rio, e você apenas com um barco a remo como se fosse parte da natureza. Passávamos algumas horas tomando banho de rio, outras andando pela mata procurando animais, ou com os Mokoros seguindo leito adentro.

Elefantes tomando banho a menos de 10 metros

Elefantes tomando banho a menos de 10 metros

                  Nos nossos acampamentos noturnos, o nosso guia havia pescado o peixe das refeições (eu e o alemão demos uma ajuda rsrs), onde ouviamos todo o som da floresta durante a noite. Elefantes passando ao redor do acampamento, hienas, alguns uivos de leões. E, cedinho pela manhã, sempre conferíamos a pegadas para ver se acertarmos os animais que passaram por ali, sintonia pura com a natureza!

Pegada de um visitante noturno (hipopótamo)

Pegada de um visitante noturno (hipopótamo)

                  Além dos amáveis insetos da África, encontrei uma aranha camelo correndo pelo acampamento, pois elas gostam de calor (tínhamos uma fogueira), apesar de terem uma aparência bizarra e assustadora, elas são simplesmente inofensivas.

                  Seguem algumas fotos do Okavango Delta e minha passagem pelo local:

Pássaro camuflado

Pássaro camuflado

Bela flor no Okavango Delta

Bela flor no Okavango Delta

Crianças brincando ao leito do rio

Crianças brincando ao leito do rio

Um querido hipopótamo dizendo bom dia! rsrs

Um querido hipopótamo dizendo bom dia! rsrs

                  Você deve ter ficado um pouco com medo, mas acredito que a experiência é extremamente válida e única. Se desligar do mundo, ficar em contato com a natureza e talvez experimentar um pouco do modo de vida daqueles locais, sensacional!

Visite a África e apoie o desenvolvimento local!

Siga a página no facebook para novidades

Mundo Sem Fronteiras

Siga no Instragram para fotos das viagens

#Worldwithnoborders

     Até a próxima e boa viagem!

Comments

comments

LEAVE A COMMENT